Como cobrar na Fotografia

Se você quer viver de fotografia e fazer dela a sua principal fonte de dinheiro, esqueça pensar somente em fotos bonitas e foque em estudar Marketing e Vendas. Muitas pessoas querem aprender como cobrar na fotografia, e vejo muitos fotógrafos complicando com uma linguagem mais avançada, fazendo com que o aprendizado fique confuso para quem é muito novo(a) na área.

Como Cobrar Fotografia

Quem é a sua cliente

A primeira pergunta é, para quem você quer vender? Se você não sabe disso, é bom rever o seu marketing urgentemente! Você deve definir bem quem é o seu público alvo e logo após saber como ofertar. Como você vai atrair suas clientes? Você deve pensar nisso, pois no marketing digital são as pessoas que devem te achar, e não o contrário. Selecione uma rede social e foque o seu maior esforço lá, mas não deixe de estar presente nas outras. Vou te dar um exemplo, eu possuo contas relacionadas ao meu trabalho no Facebook, Youtube, Behance, mas é no Instagram onde crio mais valor para o meu público postando com mais frequência, logo assim gerando mais pedidos de orçamentos através dessa rede social.

O meu público alvo:

“Mulheres entre 20 a 30 anos, que buscam fazer fotos para elevar auto-estima e alimentar as redes sociais.”

Você pode atrair clientes de forma orgânica ou paga. Qual a diferença?

Orgânico: Você não gasta dinheiro algum para postar ou divulgar o seu conteúdo no seu site ou redes sociais. É só pegar a foto, botar uma legenda top e compartilhar. Se você quer se dar bem usando o seu site, tem que aprender SEO, que são técnicas que fazem o seu site aparecer nas primeiras páginas do Google sem ter que pagar por isso.

Pago: Aqui está o grande truque para o seu sucesso, ou o maior queimador de dinheiro que você vai conhecer. Aqui necessita um conhecimento em Marketing e plataformas como Google Ads ou Facebook Ads. Tem outras, mas essas são as mais usadas no Marketing Digital.

Como Cobrar Fotografia

Analise a concorrência

Definido o perfil da sua cliente ideal, pesquise outros fotógrafos(as) da sua região que estão no mesmo nível que o seu e tente saber o quanto eles cobram. Observe as ofertas que eles publicam nas redes sociais, ou até mesmo peça para uma amiga ou amigo fazer um orçamento. Isso não é antiético, afinal você não está prejudicando nem difamando o seu concorrente, e sim curioso(a) para saber o preço que ele cobra. Observe que eu falo cliente no feminino pois as mulheres são as que mais consomem fotografia, são elas que vão te procurar para contratar o seu serviço.

Se você não sabe como cobrar na fotografia, atenção nas dicas ao montar os seus pacotes de fotos.

Pacote 01

É aquele pacote que vai servir como isca para atrair o público. A dica é colocar o preço abaixo da média do mercado fotográfico, chamando a atenção da sua cliente. Mas não cobre muito barato a ponto de desvalorizar o seu trabalho.

Pacote 02

Se o seu negócio de fotografia dependesse de um pacote para sobreviver, é esse. Aqui você deve montar o melhor custo-benefício para a sua cliente. O ideal é ter no máximo 3 ou 4 pacotes, mais do que isso pode deixar sua cliente muito indecisa.

Pacote 03

Tenha um pacote com um preço bem acima da média, mas que você seja capaz de entregar o que pede. Afinal o único problema é você vender ele. Atenção para não supervalorizar o seu trabalho, fazendo com que ele pareça inacessível.

Não se compare com profissionais que não são seus concorrentes diretos. Não entre na fotografia se comparando com gente que está no mercado faz 10 anos ou 20. Liberte-se um pouco do seu ego e compreenda que ainda há muito o que aprender para chegar em um nível elevado.

Dica Extra: Ao invés de cobrar por pacote, venda por unidade. Você faz o ensaio e a pessoa só paga as fotos que ela mais gostou. Vai que cada foto digital sua custe R$ 40 e a cliente gostou de 10 fotos, o total será de R$ 400.

Como Cobrar Fotografia

O custo da sua fotografia

Tem algumas pessoas que não valorizam a arte da fotografia e acham que a profissão é apenas apertar um botão e editar. Essas pessoas não sabem o qual duro é o investimento, por isso pensam que é muito simples, mas elas não tem culpa. Eduque o seu público alvo, mostre que ser fotógrafo(a) é muito mais do que isso. Para fazer um serviço fotográfico você vai ter que gastar dinheiro com transporte, o tempo gasto na edição irá refletir na conta de energia, fora o dinheiro investido em equipamento né? Lembrem-se, tempo é dinheiro! Aprenda isso e saiba como cobrar corretamente na fotografia.

Tenha em mente as suas despesas mensais e depois monte suas ofertas. E se você investe em publicidade paga, deve incluir esse valor nos gastos também.

Exemplo: João por mês gasta em média R$ 300 em lazer e R$ 400 em despesas, acumulando um total de R$ 700. Logo ele tem que fechar no mínimo 3 ensaios por mês de R$ 300 para pagar as contas e sobrar um pouco para guardar ou investir. 

Depreciação

O seu equipamento fotográfico tem uma data limite para perder o desempenho e logo precisará ser trocado. Infelizmente essa é a realidade de todos os aparelhos eletrônicos. Se eu for estender muito sobre o assunto, esse artigo vai ficar com muita informação e você pode ficar um pouco perdido(a), então vou resumir.

Digamos que eu comprei uma Nikon D5300 no valor de R$ 2.500, vamos supor que a vida útil será de 5 anos.

2.500 dividido por 60 meses (5 anos) é igual a 41,66

Depreciação mensal da Câmera D5300 = R$ 41,66

O ideal é você fazer isso com todos os seus equipamentos e somar a depreciação, logo após incluir nas despesa mensais.

Como Cobrar Fotografia

Preço x Valor

Você prefere fazer 6 ensaios por mês valendo mil reais cada, ou 20 ensaios valendo 300 reais que no total vai somar 6 mil? Esses dois métodos de cobrar na fotografia estão corretos. Uma cliente que paga 10 mil reais em um fotógrafo de casamento, não é a mesma que contrata um fotógrafo de R$ 250. Pare de pensar que o mercado fotográfico está prostituído por causa de profissionais cobrando preços abaixo da média, isso ocorre em toda a profissão. Se você quer cobrar acima do valor médio do seu mercado, você tem que produzir valor. E como você faz isso? Pare de ser tão robotizado(a) no atendimento e tente criar um relacionamento comercial duradouro com a sua potencial cliente, se importe com ela, converse mais, saiba como você pode solucionar o problema que a perturba, se mostre diferente dos demais.

TENHA UM SITE!

Coloquei essa dica bem destacada, pois possuir um website passa a sensação de uma empresa com grande valor. Tenha o seu próprio espaço na internet! Depender das redes sociais é como viver de aluguel, a casa não é sua! No seu site você tem a autoridade máxima de postar o que quiser sem ser censurado.

Especialização

Quer criar mais valor? Se especialize em uma determinada área e cobre mais caro na fotografia. Muita gente pensa “Ahhh, mas se eu fotografar de tudo eu posso atrair mais clientes, e com isso ganho mais dinheiro”. Isso não funciona muito bem, pode até dar certo no começo, mas ao longo do tempo você vai perceber que você precisa focar em uma área. Atendendo todos os segmentos você vai acabar não sendo reconhecido(a) o bastante na fotografia. Já ouviu aquele ditado “Quem sabe fazer de tudo, não faz nada bem feito”? Pois é. Quando uma potencial cliente vê um(a) profissional que é especialista e atende todas as necessidades dela, não irá pensar 2 vezes em pagar um preço acima do mercado.

Eu sei que você precisa pagar as contas e não pode ficar se dando ao luxo de rejeitar trabalhos, mas essa não é uma tarefa de início de carreira. Primeiro comece fotografando de tudo, de tudo mesmo, só depois você vai encontrar o seu próprio caminho. Eu nunca imaginei que iria ser especialista em ensaios femininos quando comecei a fotografar, isso só veio depois de 1 ano e meio de carreira. E se você for tão bom em uma área, os convites para outros trabalhos irão continuar. Pois as pessoas acham que se você é ótimo em um segmento, é capaz de atender outro também.

Como Cobrar Fotografia

Saiba fazer negócios

“Para ter algo que você nunca teve, é preciso fazer algo que você nunca fez.” Se você não tem o costume de vender ou tem alguma insegurança a respeito disso, vai ter que bater de frente ou esqueça viver de arte. Uma das coisas que eu não gosto até hoje é vender falando ao telefone. Requer mais pressão pois você tem que ser rápido ao responder, fazendo com que fique mais difícil se manter no controle da negociação. Mas tive que vencer esse medo pois a pessoa fazendo um contato além de texto, como voz, ou simplesmente uma reunião, faz gerar mais valor, e consequentemente irá poder cobrar acima da média, pois agora a pessoa confia mais em você.

Não fique fazendo promoções regularmente, pois isso acaba deixando o seu público acostumado. Vão deixar de contratar um pacote completo para esperar sua próxima promoção. Faça somente em datas comemorativas muito importantes e que tenham a ver com o seu negócio. 3 promoções no máximo por ano está de bom tamanho.

Finanças

Se você quer ter sucesso financeiramente terá que libertar a sua mente de crenças limitantes. Dizer que dinheiro não presta, que o mal do mundo é o dinheiro, e blá blá blá. É verdade sim que o dinheiro tem um grande poder de destruição, mas ele sozinho é apenas um pedaço de papel, o que faz mal de verdade são pessoas má intencionadas. Mas assim como há pessoas com má fé, também existem pessoas de bom coração que usam o dinheiro como forma de ajudar o próximo.

Separe o dinheiro do pessoal do seu negócio. Tenha no mínimo 2 contas bancárias onde uma você deixa o dinheiro para o seu lazer, e a outra para a sua empresa de fotografia. Para isso você pode criar uma conta poupança ou investir no Tesouro Selic, onde é mais seguro e rentável que a própria poupança.

Como Cobrar Fotografia

Faça fotos grátis

Você tá louco Marcos? Tô aqui planejando como ficar rico com a fotografia e você me vem com essa de fotografar de graça? Calma aí, primeiro de tudo você tem que AMAR fotografia, sentir prazer ao fazer um simples ensaio, senão as coisas vão ficar bem difíceis ao tentar viver dessa arte. Ofereça fotos gratuitamente para uma pessoa que se encaixe no perfil do seu público alvo, e pense no retorno que isso irá trazer. Não é um investimento ao curto prazo, e sim ao longo. Pense que essas fotos servirão para criar conteúdo em suas redes sociais, atraindo futuras clientes para o seu negócio de fotografia.

Fotografe por 3 razões: Dinheiro, Networking, Portfólio

Dinheiro

Quando surge aquela oportunidade de fazer um trabalho que não irá produzir conteúdo para as suas redes sociais, mas vai ajudar a pagar as contas.

Networking

Não irá gerar conteúdo nem pagar os boletos. Mas aqui você tem que pensar a longo prazo, ter bons contatos nessa carreira é fundamental. Aqui você só precisa dominar a sua câmera e buscar fazer novas conexões para a sua empresa.

Portfólio

As fotos realizadas tem que ter um grande potencial para atrair futuras clientes através do Instagram, Facebook ou do seu Site.

Sempre busque trabalhos que estejam alinhados com essas 3 razões. Não tem nada melhor do que ganhar dinheiro fazendo fotos que gosta e conhecendo pessoas maravilhosas. E outro conselho que dou, é não ficar muito preso ao lado comercial, explore seu lado autoral também. Faça fotos do jeito que você quer, sem depender da opinião e cobrança de ninguém.

Espero que tenha ajudado como iniciar a cobrar na fotografia. Qualquer dúvida é só deixar um comentário ou me mandar um direct no Instagram. @marcosofelipe